Tratamento com Ibogaína

Tratamento Ibogaína – O que é, Como Funciona e Efeitos no Organismo

 

O procedimento com Tratamento Ibogaína é algo que vem se expandindo tanto no famoso raciocínio quanto em sua aplicação, entretanto, certas precauções devem ser tomadas com o uso desta substância, que discutiremos mais adiante.

 

A ibogaína é uma substância extraIda de uma planta de origem africana que se estima ser um tipo de arbusto, seu nome é iboga, esta planta é encontrada principalmente na parte central das nações africanas, em territórios como Camarões, Congo e Angola.

 

Neste artigo vamos falar sobre a funcionalidade da ibogaína e seus efeitos no corpo e se é confiável fazer tratamentos baseados nesta substância, o que a lei diz sobre seu uso e em que situações ela é autorizada e como isso foi conseguido.

 

 

 

O que é Ibogaína?

 

 

 

Tratamento com ibogaína: o que é ibogaína?

 

Como foi dito, a ibogaína vem de uma planta da parte central do conjunto das nações africanas, popularmente conhecida como iboga, o componente ativo da planta é conhecido como ibogaína, esta planta tem seus registros de uso que remontam aos tempos pré-históricos em cerimônias graças a seu impacto alucinógeno.

 

Recentemente tornou-se mais facilmente conhecida da população por seu suposto impacto de anular e revitalizar a ação de outros alcalóides e compostos nitrogenados que exercem atividade no cérebro, praticamente anulando os efeitos derivados de outras drogas sobre o cérebro.

 

Foi através de um inquérito brasileiro da UNIFESP e seu departamento psiquiátrico, desenvolvido por 4 especialistas de diferentes áreas, um médico (Bruno Rasmussen Keys), um neurocientista (Eduardo Schenberg), um psicólogo (Maria Angelica Comis) e um psiquiatra (Dartiu Xavier) que em experimentos clínicos entre 2005 e 2013 foi observado que a ibogaína pode interromper a dependência de cocaína, crack e outras formas de dependência em 72%.

 

No entanto, não há evidências científicas que demonstrem que, em outros termos, seja realmente eficaz, além de seus vários efeitos adversos sobre o corpo humano após seu uso, devido ao fato de interagir de forma direta com neurotransmissores no cérebro, que nos últimos anos tem tido cada vez mais relatos de casos de risco de morte e morte súbita envolvidos com seu uso.

 

 

 

Novos tratamentos para drogados chegando

 

 

 

 

FALE AGORA COM NOSSA EQUIPE

 

 

 

 

Para que é utilizada a ibogaína?

Em primeiro lugar, deve-se lembrar que os usos listados abaixo ainda não estão cientificamente comprovados e que vários estudos clínicos ainda estão em andamento para entender melhor os efeitos adversos que eles provavelmente causarão.

Alguns médicos tem o potencial de prescrever ibogaína para minimizar os sintomas de abstinência e dependência de drogas como cocaína, crack, heroína, morfina e outras drogas, além de, teoricamente, remover a ânsia por essas drogas.

 

Há também um histórico de uso para minimizar a fadiga e o cansaço, parar a febre, dores de estômago, combater a impotência sexual e contra a AIDS.

 

Entretanto, a grande maioria desses alegados efeitos carece de informações sobre se eles realmente ajudam ou não e como fazê-lo, além de não saber que porção governa em qualquer pessoa de tais casos, sem entender a dose, mesmo um medicamento genérico, poderia ser prejudicial.

 

Como é realizado o tratamento com ibogaína?

Com oacompanhamento médico adequado, a substância é utilizada como medicamento para contribuir para a desintoxicação do dependente químico, principalmente administrada como um chá, a fim de minimizar a ânsia, que é o desejo imparável que os viciados tem por sua droga e outros sinais prováveis de abstinência.

 

E o tratamento continua desta forma, pode ser intercalado com qualquer outro tipo de medicamento se o indivíduo o requerer, porém geralmente o procedimento é feito apenas com o manejo do chá ou outras formas de consumo da substância e acompanhamento médico.

 

 

 

Tratamento com Ibogaína Vale a Pena?

 

 

 

Para quais dependências é utilizado o tratamento com ibogaína?

 

Alguns exemplos são a cocaína e a cocaína crack e seus outros derivados, morfina, heroína, ácido lisérgico (LSD), mescalina, e vários outros que se enquadram na mesma categoria.

Há também relatos de que a ibogaína está sendo usada para combater o vício da maconha, mas além da falta de fatos científicos, não parece haver nenhum estudo que apóie o uso dela para este tipo de droga.

 

É fundamental ressaltar um fato, que é que o governo federal não aprova o uso da ibogaína em tratamentos para dependência química, pois ela tem efeitos colaterais e os estudos que são feitos sobre ela ainda são um pequeno número de relatos de casos que utilizaram procedimentos específicos, que não são inadmissíveis, mas ainda assim insuficientes para apoiar seu uso.

 

Portanto, ainda são necessários estudos clínicos mais controlados e outras fontes de evidência científica para que ela seja reconhecida como eficaz no sentido terapêutico, e ainda são necessários mais estudos sobre seus efeitos colaterais, que quando ocorrem são graves, incluindo a morte súbita.

 

A ANVISA também não regulamenta o comércio de ibogaína como medicamento; quem quer que o faça pode ser denunciado.

É uma substância que ainda não é compreendida pelo que é realmente eficaz, e se existe uma maneira de dissociar seus efeitos com sérios riscos à saúde.

 

 

 

Quanto tempo dura o tratamento com ibogaína?

 

 

 

CONVERSE COM EQUIPE NO WHATSAPP

 

 

 

O que a ibogaína faz no organismo de um dependente químico?

 

É uma planta alucinógena; quando você bebe o chá desta planta ou quando ingere a planta em seu estado natural, é possível que você tenha sensações como pensar que está deixando seu próprio corpo, você pode acabar tendo alucinações visuais e auditivas, mas também pode desencadear sérios distúrbios mentais.

 

Muitas pessoas dizem que este estado é semelhante a um sonho, que você pode ver toda sua vida ou alucinar com os espíritos, os relatórios sobre isto são muito semelhantes aos relatórios sobre a ayahuasca; dizem que ela pode regular as taxas de produção de serotonina e dopamina, que são comumente alteradas pelo consumo de drogas.

 

Quanto aos efeitos colaterais do Tratamento com Ibogaína de que venho falando, eles podem incluir: arritmias cardíacas (o coração batendo de forma desorganizada), a chance de parada cardíaca, ataxia (sintomas envolvendo coordenação de movimentos), estados alterados de consciência (alucinações), inconvenientes no sistema gastrointestinal, náuseas e vômitos, tremores menores e convulsões epiléticas, bem como morte súbita.

 

 

 

 

 

 

O tratamento com ibogaína é seguro?

 

Vamos fazer uma pequena recapitulação, estamos falando de uma substância, sem efeitos científicos suficientes, que tem sérios riscos, que é administrada sem o conhecimento real da diferença de dosagem, que não é regulamentada pela ANVISA (agência nacional de vigilância sanitária), ao escolher este tratamento você está escolhendo um risco.

 

Não importa o quanto as pessoas digam que é seguro, não há garantia ou apoio legal para ele, nenhum órgão público que regulamente esta questão permite seu uso, e os médicos que prescrevem ibogaína podem ser processados.

 

Como discutido anteriormente, além do debate sobre sua eficácia, ainda há o debate sobre se é compensatório, pois esta substância pode gerar vários efeitos adversos e prejudiciais para o organismo.

Como a única coisa comprovada é seu poder alucinógeno e suas reações adversas, não acredito que este deva ser o tratamento de escolha para aqueles que estão realmente procurando um tratamento adequado para o vício.

 

 

 

Ibogaína é a solução para Drogas?

 

 

 

ENTENDA MAIS – CONVERSE COM NOSSA EQUIPE AGORA

 

 

 

Quais são os outros procedimentos de tratamento com ibogaína para a dependência química?

 

Existem vários outros métodos para o tratamento da dependência química, mas aqui destacarei os métodos que tem o apoio científico de sua eficácia, bem como grandes estudos de casos que exploram suas variedades, bem como aqueles que tem boas aplicações e história positiva com a recuperação de pessoas em situações de dependência.

 

O primeiro passo a ser seguido é o tratamento de desintoxicação, que é quando a dosagem da substância viciante é reduzida pouco a pouco para que o corpo se acostume a ficar sem ela novamente.

Depois de estar mais longe da influência da substância, graças à desintoxicação, é recomendado iniciar outros tipos de tratamento, pois você será capaz de se concentrar mais e começará a entender sua situação.

 

Um dos tratamentos mais eficazes na luta contra a dependência química é a psicoterapia. Esta especialidade da terapia abordará as questões e circunstâncias que levaram a pessoa à dependência, compreendendo os processos psíquicos que a levaram, com o objetivo de que o paciente comece a se entender melhor, compreendendo sua doença e ajudando a aceitá-la lentamente.

 

Os tratamentos com drogas ou medicamentos os utilizam como complementos ou auxiliares para fins específicos, como a redução dos sintomas de abstinência durante a fase de desintoxicação, ou o uso dos medicamentos para tratar problemas de saúde física e mental, estejam ou não relacionados ao vício, de acordo com as necessidades de cada paciente, para que ele possa se concentrar inteiramente em sua recuperação.

 

Grupos de ajuda mútua:

Os grupos de ajuda mútua são geralmente grupos anônimos de pessoas que procuram ajudar umas às outras, mas não se enganem, eles tem um sistema de recuperação bem estruturado, chamado programa de 12 Passos, que ensina como viver uma vida sem dependência, como um guia para uma nova vida.

 

Eles também servem como espaços para compartilhar suas experiências, para entender que você não está sozinho, que há pessoas passando por dificuldades semelhantes ou mesmo as mesmas que você. Grupos como Alcoólicos Anônimos e Narcóticos Anônimos tem uma longa história de ajudar as pessoas a se recuperarem da dependência química.

 

As internações acontecem em clínicas de recuperação, que visam tratar o paciente em todas as áreas afetadas pela dependência (biológica, psicológica e social) através de um tratamento multiprofissional que envolve diversas áreas do conhecimento para poder atender às necessidades de cada paciente, já que ele ou ela está fisicamente afastado da substância.

 

 

 

 

 

 

Clínica de recuperação: Qual é sua importância no processo de tratamento de um dependente químico?

 

As clínicas de recuperação estão aqui para oferecer apoio especializado e um tratamento multiprofissional completo, buscando reorganizar os pensamentos e atitudes do paciente para que ele possa retornar à sociedade recuperado e pronto para viver junto.

 

Oferecer um tratamento amplo e biopsicossocial, pois a dependência química é uma doença que afeta simultaneamente os aspectos psicológicos, biológicos e sociais de cada pessoa. Assim, o tratamento visa parar completamente o consumo do que torna o paciente dependente, dar clareza ao paciente, fazendo-o entender como ele se tornou dependente, e dar o apoio e as ferramentas necessárias para que ele permaneça limpo mesmo após a internação.

 

Desta forma, a clínica de recuperação se vê a si mesma como um lugar de convivência e de preparação para o retorno à vida em sociedade, de tal forma que, além de tratar o paciente, tenta devolver-lhe tudo o que perdeu por causa de sua dependência, para que tudo o que for possível possa ser recuperado. Continue a leitura para aprender e entender melhor o artigo Tratamento com Ibogaína.

 

 

 

 

Como encontrar uma clínica de recuperação para dependentes químicos

 

 

 

 

Qual é a duração média do tratamento de dependência química em uma clínica de recuperação?

 

O tempo do procedimento de dependência química muda de acordo com cada modelo de procedimento, cada clínica tem um modelo de tratamento diferente, dependendo do que está tentando priorizar.

 

A maioria das clínicas de reabilitação adotaram o modelo de internação por 6 meses, porém outras clínicas adotaram ou tem a escolha de um tratamento mínimo de 3 meses de internação.

 

Na Clínica Recuperando Vida temos planos de procedimento de 6 meses, que variam de acordo com as necessidades do paciente e sua família, para que a família e nossa equipe possam chegar a um consenso sobre o que melhor se adapta às necessidades do paciente.

 

 

Tratamento de Ibogaína: Como encontrar uma clínica de recuperação de dependência química?

 

A Clínica Recuperando Vida atende todo o território nacional e é muito provável que você se torne independente das drogas com o nosso modelo de tratamento. Portanto, se você, um familiar ou um amigo precisa de ajuda, não deixe de entrar em contato conosco.

 

 

Alternativa ao tratamento de Drogas

 

 

 

FALE COM EM ESPECIALISTA AGORA

 

 

 

Tratamento com Ibogaína: Conclusão

 

E neste artigo Tratamento com Ibogaína, mostramos todos os pontos referentes ao assunto. Assim podemos passar mais informações relevantes sobre um assunto pouco comentado e discutido.

Por meio deste post, entendo que tem sido viável compreender os perigos deste tipo de tratamento, pois legalmente não há nada que prove seus efeitos ou que regule seu uso.

Além disso, ele pode causar efeitos prejudiciais ao paciente. Este procedimento poderia ser uma alternativa confiável no futuro, porém, no presente, certamente não é consistente considerá-lo em relação a outras possibilidades.

 

A Ibogaína ainda está impregnada de mitos e meias verdades, pensamos que com o tempo teremos estudos suficientes para poder estabelecer o que é realmente eficaz e sob quais condições, no entanto, no momento atual ainda não o entendemos e confiamos nas palavras de uma pessoa uma vez que a ciência e vários órgãos públicos indicam que não é arriscado dizer o mínimo.

 

Seja como for, o mais aconselhável é um tratamento multidisciplinar que trate das diversas áreas envolvidas no vício, e não um modelo exclusivo de tratamento.

 

 

 

 

Duvidas frequentes

Recebemos chamadas diariamente sobre dúvidas sobre o Tema Tratamento com Ibogaína e como funciona todo o procedimento com seus tratamentos.

Veja abaixo uma relação das perguntas mais recorrentes de pessoas que buscam ajuda para os problemas causados pela droga.

 

Para que serve o ibogaína?

A ibogaína é o ingrediente ativo presente na raiz de uma planta africana chamada Iboga, que pode ser usada para desintoxicar o corpo humano e a mente, ajudando no procedimento contra o uso de drogas, porém cria alucinações monumentais, e é usada em cerimônias espirituais na África e na América Central.

 

Quanto custa o procedimento da ibogaína?

Depende da clínica de reabilitação que você consultar. Entretanto, podemos mencionar que o custo pode variar entre R$ 5 e R$ 10 mil reais.

 

 

 

Melhor tratamento com Ibogaína do Brasil

 

 

 

 

Quais são os perigos da ibogaína?

A ibogaína também pode desencadear sérios distúrbios psiquiátricos, induzir ao coma e pode levar à morte. Além disso, a ibogaína causa consequências cerebrais que, além de não tentar o vício, agravam a dependência e a compulsão, fazendo com que o paciente alcance o procedimento correto em casos enfraquecidos.

 

Qual é a droga mais intensa do mundo?

A droga considerada a mais intensa do mundo é o Krokodil. O Krokodil é nativo da Sibéria e do leste da Rússia. É uma droga injetável intravenosa. É uma versão de menor custo da heroína.

 

Por quanto tempo a ibogaína permanece no corpo?

Ainda não existem estudos exatos sobre a permanência da ibogaína no corpo humano. É por isso que o procedimento precisa ser feito em uma clínica especializada, para que o paciente não corra qualquer risco e o procedimento possa ser realizado de forma mais segura.

 

 

A Equipe de Conteúdo da Clínica Recuperando Vida Recomenda a Leitura dos Artigos:

 

 

Drogas Mais Usadas no Brasil

 

 

 

Psiquiatra: Afinal Porque e Quando Procurar?

 

 

 

Psicose

 

 

 

Co-dependência

 

 

 

 

Clínica Recuperando Vida

 

 

 

CLÍNICA RECUPERANDO VIDA

R. Inácio de Vasconcellos Cunha Caldeira, 500

Jardim São Francisco – Piracicaba – SP

 

Fone:  (19) 3427-1643
Whatsapp: (19) 99188-2675

 

E-mail: contato@clinicarecuperandovida.com.br

 

WEBSITE OFFICIAL:

Tags desta página:
Tratamento Ibogaína, Ibogaína, O que é Ibogaína, Clínica de tratamento para Ibogaína, Clínica de reabilitação para ibogaína
0 +
Visitas Mensais em nossa Clínica
0 +
Famílias Atendidas Mensais
0 +
Pacientes em Tratamento Por Ano
0 +
Abrangências em Estados brasileiros
Remoções 24 horas

Remoções 24 horas

O vício é imprevisível e começa a controlar a pessoa sem que ela perceba, ou seja, consequentemente algumas atitudes são tomadas sem que o dependente tenha conhecimento dos malefícios que estão causando e a solução mais plausível é iniciar o tratamento em um clínica de reabilitação.

Nossa equipe está em prontidão para remoção 24h por dia em qualquer região do Brasil através de ambulâncias equipadas, ou se a família preferir possuímos também carros descaracterizados para ações mais privativas e discretas.

Aceitamos Todos os Planos de Saúde

Fale com um de nossos consultores de plantão atendimento 24 horas via Whatsapp