Dependentes Químicos e a Clínica de Recuperação

Índice

Clínica de Recuperação Para Dependentes Químicos – GUIA 2022!

 

E neste artigo Dependentes Químicos e a Clínica de Recuperação vamos expliar sobre um assunto bem pertinente entre as pessoas que buscam ajuda para os problemas causados pela dependência química.

Falamos de um assunto que ainda está impregnado de muitas dúvidas: o que é uma clínica de recuperação, qual é sua função, o que é dependência química, e por que procurar tratamento?

 

 

As respostas a estas e outras perguntas, você encontrará ao longo deste artigo, um fato é que a dependência química é uma patologia complexa e, apesar de ter tratamento, a maior parte não sabe ou não entende como funciona.

Como você verá mais adiante, a clínica de reabilitação fornece um modelo de tratamento com internação, que permite o melhor cuidado do indivíduo e a atenuação dos sinais que ele/ela mostra, assim como um procedimento em profundidade das razões.

 

 

Ostipos de internação, as diferenças entre os sexos dos dependentes, relacionados ao tratamento, são questões que serão discutidas adicionalmente ao longo do texto.

É preciso permanecer atento, pois existem vários mitos sobre este assunto, que só tem a capacidade de deixar claro com uma leitura cuidadosa, assim como a maneira de ajudar a si mesmo e a seu familiar/amigo na dependência química.

 

 

Clínica de recuperação

 

 

O Que é uma Clínica de Recuperação ou Clínica de Reabilitação Para Dependentes Químicos?

 

Dependentes Químicos e a clínica de recuperação ou reabilitação é uma abordagem comportamental humana para informar/educar os pacientes a fim de ajudá-los a compreender a seriedade e as consequências de sua dependência química.

Desta forma, ela também os torna consciente dos mecanismos de proteção da mente, para que possam reconhecer sua impotência, tentar encontrar um melhor estado emocional e desenvolver táticas para evitar recaídas.

 

Os tratamentos mais modernos e mais adequados de hoje, integram diversos modelos psicológicos, psicossociais, médicos e espirituais.

As técnicas terapêuticas mais eficazes são baseadas na iniciativa de que os vícios são patologias biopsicossociais que requerem total abstinência e amadurecimento pessoal, apoiados pela recuperação e mudanças comportamentais.

 

Temos a possibilidade de utilizar adefinição de clínica de reabilitação ou recuperação como uma organização que concede o tratamento de dependência química em todas as suas dificuldades.

Além de conceder um espaço seguro para poder fazer a abstinência total do consumo de substâncias psicoativas, o procedimento de desintoxicação (biológico), e sua realidade psicossocial e espiritual.

 

O dependente químico ou o núcleo familiar geralmente procuram o tratamento em um momento de crise em que o dependente apresenta claros danos nas áreas física, mental, espiritual, social, familiar e profissional.

Neste momento, é importante deixar claro que Dependentes Químicos e a clínica de recuperação ou reabilitação, que deve proporcionar aos dependentes uma redução de suas defesas e resistências para que possam mostrar uma maior disponibilidade e abertura à mudança.

 

Dependentes Químicos e a Clínica de Recuperação: Qual é o Preço de Uma Internação Numa Clínica?

 

A clínica de recuperação de drogas tem um enorme significado para a recuperação do indivíduo que se encontra em situação de dependência.

A dependência química é uma patologia complexa que prejudica o indivíduo emocionalmente, socialmente, biológica e mentalmente e requer um tratamento igualmente complexo.

 

Portanto, a clínica de recuperação é fundamental não apenas para tentar os sinais da patologia, mas também para descobrir as prováveis razões que levaram à condição de dependência, assim como as reações e pensamentos que perpetuam esta condição.

 

Dependentes Químicos e a Clínica de Recuperação interagem de forma que a clínica funciona como um lugar capaz de aceitar o sofrimento e a dor destas pessoas e, desta forma, torná-las conscientes do porquê de permanecerem ali e de realizar um tratamento que atenda às suas necessidades.

Além disso, para prepará-los novamente para a convivência social e para construir um novo estilo de vida.

 

 

O que pode fazer pessoa use drogas

 

 

 O Que Pode Fazer Com Que Uma Pessoa Use Drogas?

 

Existem vários componentes que tem o potencial de ajudar uma pessoa a consumir substâncias químicas.

Cada indivíduo tem um cosmo especial de práticas e crenças, alguns acreditam que o uso de drogas é um tabu enquanto outros estão curiosos sobre isso. Estudos mostram que estes componentes são expressos emocional, social e biologicamente.

 

Quanto à esfera social, as drogas permanecem presentes em quase todas as peças, assim como em regiões suburbanas ou em escolas e institutos, a curiosidade pode ser um aliado horrível neste momento, pois pode abrir a porta para um primeiro contato com substâncias, além disso há o representante da predominância, que pode ser representada na figura de um amigo ou de um conjunto de indivíduos que já consomem alguma substância, facilitando a entrada de drogas.

O elemento emocional, por outro lado, ocorre quando a pessoa finge variar seu estado real de consciência, ou seja, tem problemas para lidar com responsabilidades e sentimentos, construindo expectativas, acaba frustrada e, de certa forma, usa para reduzir a dor.

 

Uma vez que o paciente mostra insegurança e pensa que ao consumir uma determinada droga ele terá o custo primário para fazer alguma atividade, uma vez que não há perspectivas de aumento pessoal e profissional na vida, o consumo de drogas se torna uma região de bem-estar.

Ou uma vez perdido o entendimento do certo e do errado, a droga se torna um aliado como um componente da transgressão.

 

Geralmente, o uso de drogas traz uma falsa sensação de fuga dos problemas.

No final, temos o elemento de hereditariedade, onde a predominância genética se torna um marcador no organismo do sujeito e pode, em um período de tempo indeterminado, despertar o uso de substâncias químicas.

Para estas e outras causas éfundamental procurar uma clínica de recuperação de drogas, pois qualquer pessoa de tais componentes que tenham prejudicado e levado o indivíduo a drogas, lá ele será tratado exaustivamente por especialistas.

 

Quais São os Sinais de Dependência Química?

 

Os sinais aparecem de 7 maneiras, cada uma com sua própria peculiaridade.

Com uma forma de agir visando o desajuste do uso de substâncias, causando um sofrimento considerado clinicamente importante, manifestado por 3 (ou mais), dentro de 12 meses, apresentando-se através da saúde física e dos comportamentos do indivíduo.

 

Os sinais são:

 

  1. Uso em porções enormes com períodos de uso mais longos do que o pretendido;
  2. O corpo começa a ter mais tolerância ao uso e naturalmente aumenta as porções e tipos de substância;
  3. Uma síndrome de abstinência seguida pelo uso para aliviar os sinais;
  4. Não há muito desejo ou esforço para parar de usar, reduzir ou manter o controle da droga;
  5. Um tempo mais longo gasto na obtenção das substâncias, durante todo o consumo ou mesmo para se recuperar dos efeitos;
  6. Acaba diminuindo ou abandonando as ocupações habituais, atividades sociais ou ocupacionais devido ao uso.
  7. Utiliza problemas físicos ou psicológicos como desculpa para continuar consumindo drogas.

 

 

Lembrando que à medida que a dependência química se instala e progride, o comportamento do indivíduo transita e oscila entre estes pontos da patologia.

Um tratamento especializado é necessário para reduzir os sinais, tais como o uso de medicamentos, psicoterapia e internação em uma clínica de recuperação de drogas.

 

 

 

Dependentes Químicos e a Clínica de Recuperação: Qual é o Tratamento Ideal?

 

Dependentes Químicos e a Clínica de Recuperação são muito importantes pois ao desenvolver cada vez mais o tratamento, procuramos colocar a equipe técnica e profissional de médicos e psicólogos no mesmo nível dos consultores em dependência química que são especialistas em drogas e alcoolismo.

Isto une o técnico ao experimental, para melhor compreender e contribuir com os pacientes internados no procedimento para sua recuperação física, emocional, social e espiritual.

O procedimento médico é fundamental no início para avaliar as sequelas clínicas da dependência e para acompanhar os agravantes de retirada das substâncias.

 

 

Otratamento psicológico e de aconselhamento em dependência química terá como objetivo modificar ou influenciar as reações e comportamentos dos pacientes, aumentar a motivação para a abstinência e reduzir os mecanismos de proteção (negação, racionalização e projeção de culpa).

Desta forma, é viável que cada residente vá em busca de seu papel, vivendo e discutindo seus inconvenientes em um ambiente seguro e democrático.

 

 

O uso deste modelo desperta a responsabilidade pessoal e grupal, facilitando a colaboração de todos nas ocupações propostas no plano terapêutico.

A clínica de recuperação de drogas, ao contrário de outras abordagens, preserva um tratamento clínico, psiquiátrico, psicológico, atendendo de forma individual, onde cada caso é um caso e, portanto, o procedimento deve ser tão individualizado quanto possível.

 

 

Dependentes Químicos e a Clínica de Recuperação: Critério de Tratamento ou Envolvimento Terapêutico

 

Como critério de tratamento ou envolvimento terapêutico, é entendido como uma sequência de eventos que são iniciados uma vez que o usuário de substâncias psicoativas institui contato com uma clínica de recuperação ou reabilitação, um centro de saúde ou um serviço comunitário.

O procedimento inclui

 

  • Diagnóstico;

 

  • Procedimento de crise de retirada;

 

  • Avaliação sanitária;

 

  • Consciência patológica e reintegração social dos danificados, para alcançar total abstinência para tentar a dependência;

 

  • Para melhorar a saúde e a qualidade de vida, para tirar proveito das habilidades do sujeito ao mais alto nível e para;

 

  • Facilitar o acesso a serviços, oportunidades e plena reabilitação social.

 

O programa terapêutico que é realizado durante toda a duração do procedimento na clínica de reabilitação de drogas visa apoiar o toxicodependente a se tornar uma pessoa independente, mudando seu estilo de vida.

A clínica de recuperação de drogas é uma ajuda eficaz para aqueles que precisam liberar suas energias vitais para se tornar uma pessoa de pleno direito, adulta e autônoma, capaz de fazer um planejamento de vida propício para a recuperação, de ter hábitos saudáveis sem usar nenhuma droga.

 

O objetivo da clínica de recuperação de drogas é a valorização do indivíduo através de um processo pessoal e social; e o papel da equipe é ajudar o sujeito a desenvolver seu potencial.

Para que a equipe seja eficaz, é essencial acreditar que, independentemente do comportamento do residente, ela pode ser modificada.

Se a equipe acredita que todos têm a capacidade de mudar, ela dedica a atenção que cada um requer para provocar a mudança.

 

 

Qual e o tratamento de um dependente químico

 

 

O Tratamento da Clínica de Recuperação de Drogas Deve se Integrar:

 

O ambiente da clínica de reabilitação de drogas deve permitir o aprendizado social, oferecendo a possibilidade de interagir, ouvir, aprender, projetar, envolver e crescer de uma forma que comumente reflita a capacidade pessoal e coletiva e o potencial dos indivíduos na clínica.

 

  • Desintoxicação;

 

  • Terapia cognitivo-comportamental;

 

  • Psicoterapia pessoal e grupal;

 

  • Programa de prevenção de recaídas;

 

  • Doze passos de N.A. e A.A;

 

  • Entrevistas motivacionais;

 

  • Espiritualidade;

 

  • Terapia ocupacional;

 

  • Ocupações físicas; Reuniões / T.R.E (Terapia Racional Emotiva);

 

  • Consciência patológica;

 

  • Inventário pessoal e visita familiar.

 

 

Quanto Tempo Leva para Desintoxicar o Corpo Humano das Drogas?

 

O tratamento é um processo extenso e múltiplo, e leva tempo. Este tempo permanece discutível.

Entretanto, a maioria dos estudiosos modernos chegaram à conclusão de que o procedimento deve consistir uma conjunção de procedimentos que apoiem a obtenção do maior potencial de abstinência para toda a vida.

Uma vez que uma pessoa viciada entra na reabilitação da dependência de substâncias, a primeira coisa é ajudá-la através do processo de desintoxicação.

 

 

Dependentes Químicos e a Clínica de Recuperação envolvem uma confiança mútua e sendo assim, os centros de reabilitação terminam seu trabalho aqui, enquanto outros o integram como parte de um programa mais longo que engloba outros pontos, detalhados mais tarde.

A internação em um centro de recuperação, localizado em uma grande área arborizada adequada para a recuperação, dura, em média, 6 meses.

 

O modelo de internação é terapêutico e tende a misturar os ensinamentos, fortalecendo a união terapêutica, procurando reforçar a aliança do trabalho profissional dos técnicos (médicos-clínicos e psiquiatras, psicólogos, nutricionistas, enfermeiros e educadores físicos) com a experiência vivencial.

 

 

São pessoas que permanecem livres de drogas e têm experiência a ser transmitida, ensinando o caminho da recuperação (Diretor de tratamento, consultores em dependência química – Conselheiros e Monitores). Os médicos e outros especialistas em saúde têm a possibilidade de fornecer cuidados pessoais e abrangentes aos pacientes com dependências leves a moderadas e sem complicações gigantescas relacionadas.

Geralmente, tais pacientes também têm que participar de reuniões de recuperação que seguem os 12 passos.

 

Os programas de 12 passos são considerados por vários estudiosos como a forma mais eficaz de proceder. Os programas de recuperação de 12 passos, originalmente criados pelos fundadores da AA Bill W. e pelo médico Bob, demonstraram aumentar os índices de sobriedade após 2 anos, em comparação com outras terapias.

Narcóticos Anônimos, um dos vários programas de 12 passos que se originaram em AA, adaptou este programa para ajudar aqueles viciados em outras drogas.

 

 

 

Terapia Cognitiva Comportamental

 

A terapia cognitiva comportamental, por outro lado, é um tipo de psicoterapia usada para vários distúrbios mentais. Os praticantes deste procedimento acreditam que o foco nas causas do comportamento dependente pode ajudar a erradicá-lo de suas vidas.

A maioria dos centros de reabilitação integra esta terapia como parte de seu programa geral de procedimento, e ela é normalmente oferecida em conjunto, pessoal e familiar.

 

Os medicamentos são outra frente nos modernos tratamentos de dependência. Eles têm a capacidade de usar medicamentos para ajudar a aliviar os sinais físicos e psicológicos de abstinência.

Estima-se que a abstinência seja dolorosa, o que leva ao manejo de medicamentos na duração de 4 a 6 semanas após a interrupção do consumo, e também pode ser usada como procedimento a longo prazo, como na situação de comorbidades (doenças psiquiátricas que coexistem com a dependência química).

 

Além disso, os antidepressivos são normalmente aplicados na reabilitação, devido ao fato de que uma das principais comorbidades é a depressão.

Ela pode existir junto com a dependência de substâncias ou transtorno compulsivo e pode ser usada como parte do procedimento em ambos os casos.

 

O programa de tratamento desenvolvido não é puramente farmacológico, médico ou psicológico, mas segue as técnicas das sociedades terapêuticas e orientação sobre questões de dependência química.

O programa de recuperação tem propósitos claramente determinados, com prazos estabelecidos, sem perder a flexibilidade.

 

 

Dependentes Químicos e a Clínica de Recuperação: Programa de Recuperação

 

O período de tempo para tomar consciência do problema de dependência em uma clínica de recuperação é de 90 a 180 dias.

 

É um programa didático-terapêutico composto de vários subprogramas que funcionam de forma coordenadas:

 

  • Atendimento médico psiquiátrico – As avaliações psiquiátricas da pessoa viciada são realizadas através de consultas com o profissional psiquiatra praticante do centro. São avaliadas as comorbidades e crises de abstinência e são prescritos os medicamentos necessários.

 

  • Médico clínico – Avalia e trata os problemas clínicos envolvidos com o uso e abuso da substância e o histórico médico do paciente, solicita e avalia testes bioquímicos e laboratoriais, assim como certifica a probabilidade de permanência em casos de internação a médio prazo.

 

  • Apoio psicológico – As terapias psicológicas são relevantes porque trabalham sobre valores individuais, sobre a filosofia de vida de cada pessoa, facilitando a preparação e modificação da reação do viciado à droga. O suporte terapêutico permite a descoberta de equilíbrio, harmonia, coerência, aumento e também uma forma totalmente nova de pensar e encarar a verdade.

 

  • Social – Pretende conhecer dados sobre o próprio viciado e sua interação com as drogas, a infância, o núcleo familiar, e ajudá-lo em sua consciência. Quanto ao núcleo familiar, o tratamento da co-dependência é procurado através de reuniões de ajuda recíproca com os adictos e suas famílias.

 

 

  • Educação física – O procedimento é realizado de forma prática por meio de ocupações pessoais e coletivas, tentando encontrar o desenvolvimento e manutenção das habilidades funcionais do indivíduo dependente, bem como o desenvolvimento de construções e funcionalidades, tais como esquema corporal, consciência e controle corporal, coordenação, percepção e organização no tempo e no espaço. O condicionamento físico serve para a supressão de toxinas e para a constatação de uma melhor interação social e tempo livre através de caminhadas, acompanhamento antropométrico dos indivíduos dependentes, valorização do espaço e da natureza que envolve o centro e a prática de exercícios físicos.

 

 

Tipos de tratamentos para dependentes químicos

 

 

Dependentes Químicos e a Clínica de Recuperação: Tipos de Internação

 

Uma vez abordada a questão da internação, observamos 3 tipos reservados para os casos mais graves, que requerem cuidados intensivos. A internação ocorre quando o profissional que presta os cuidados percebe que o indivíduo sofreu danos a sua história social, familiar e de saúde.

 

Tais internações tem lugar em umaclínica de recuperação de drogas, uma vez que também permanecem configuradas como um ambiente hospitalar, de fato, pensando em pequenos e médios tamanhos.

 

 Internação Voluntária

 

Quando o viciado aceita o tratamento, este é o procedimento indicado.

 

Uma clínica especializada em reabilitação de drogas  deve ser constantemente procurada para poder beneficiar o paciente durante a crise de abstinência, evitando assim que o paciente abandone o procedimento.

 

Existem até documentos formais para reconhecer esta voluntariedade, como um formulário de voluntariado, que é assinado pelo residente inicialmente de seu tratamento.

 

Um centro especializado e acolhedor de recuperação de drogas que esteja preparado para auxiliar o paciente em crises de abstinência, na ambivalência inicial e ao longo do procedimento, evitando assim que o cliente abandone o procedimento, deve ser constantemente procurado.

 

 Internação Involuntária

 

É indicado para pessoas que estão em risco de morte, mas não permitem a internação em uma clínica de recuperação de drogas.

 

A internação involuntária é elementar quando o viciado perde a independência de escolha e pode estar pondo em risco sua própria vida ou a vida de outros.

 

Na verdade, esta participação é um ato de preservação da vida.

 

Este procedimento é legal (Lei 13.840/19) e fundamental uma vez que a pessoa viciada põe em perigo sua própria vida e/ou a de outros devido ao consumo abusivo de álcool e outras drogas.

 

Dependentes Químicos e a Clínica de Recuperação confirmam que a pessoa viciada não pode escolher entre consumo e abstinência no momento; ela perdeu a função de julgar os valores e os perigos de suas reações.

 

A dependência química já se tornou a coisa mais relevante em sua história. Nesses casos, é necessário buscar ajuda profissional para reverter o caso antes que seja tarde demais.

 

 Internação Compulsória

 

A internação compulsória é definida por uma medida judicial na qual um juiz competente certificará a necessidade do procedimento.

 

Há um enorme conjunto de situações em relação ao uso de álcool e drogas identificadas como infrações e delitos.

 

Entre estas situações estão o ato de dirigir sob a influência do álcool, crimes aquisitivos, ou seja, aqueles com o objetivo de levantar fundos para a posse ou uso de drogas ilícitas, e vários outros.

 

Em situações como estas, o juiz pode entender que o infrator tem uma dependência química e que os delitos estão sendo cometidos para manter o consumo ou para obter outra dose e, portanto, em vez de enviá-lo ao sistema penitenciário, optar por um procedimento adequado em uma clínica de reabilitação de drogas com o objetivo de se reintegrar à sociedade.

 

 

Tipo de reabilitação

 

 

Dependentes Químicos e a Clínica de Recuperação: Tipos de Reabilitação

 

Os pacientes dependentes químicos enfrentam a morte uma e outra vez: uma sequência de episódios extremamente ameaçadores, associados ao uso de drogas, se acumulam.

 

Na situação dos pacientes dependentes de álcool, há um tempo maior para que a interação com a substância se torne mais problemática.

 

Para dizer mais obviamente, isto só acontece a partir de quebras específicas do sujeito com seu ambiente, tais como: a perda de um emprego, crises e às vezes o fim de um casamento ou problemas físicos.

 

Reabilitação Para Alcoólatras

 

O vício em álcool é uma patologia crônica com diferentes razões, entre as quais existem componentes genéticos, ambientais e psicológicos. Oalcoolismo tem um enorme efeito sobre a vida do viciado e, consequentemente, pode até mesmo levar à morte.

O indivíduo dependente do álcool procura aliviar o sofrimento emocional ou mascarar a dor física causada pela patologia.

 

Há uma enorme diferença entre estar embriagado e ser alcoólatra, um sujeito que consome álcool socialmente pode se embriagar sem afetar ou pôr em risco sua história.

 

No entanto, na situação de um alcoólatra, ele consome porções monumentais que vão muito além do que o organismo pode tolerar em um curto período de tempo.

 

O consumo exagerado e recorrente de álcool durante vários meses e anos produz os efeitos crônicos desta patologia em vários sistemas do organismo, como o cardiovascular, gastrointestinal, nervoso e reprodutivo.

 

Embora o alcoolismo não tenha uma cura persistente, ele pode ser tratado em clínicas de recuperação de drogas. Nesses locais, o paciente tem uma composição especializada e seus parentes recebem apoio neste ponto de sua história.

 

Reabilitação de Dependentes Químicos

 

O programa terapêutico, que será desenvolvido ao longo do procedimento, tem como objetivo inicial ajudar apessoa quimicamente dependente a se retirar das drogas e começar a recuperar seu senso crítico.

 

A iniciativa da Clínica de Recuperação de Drogas deve levar em conta que o toxicodependente pode desenvolver as diferentes magnitudes de uma pessoa inteira através da comunicação independente entre o pessoal e os residentes, em uma organização solidária e igualitária.

 

Para apoiar a pessoa dependente química, o centro de recuperação deve criar um ambiente no qual ela possa ter o entendimento básico de que a droga é apenas um sintoma de algo mais profundo que precisa ser trabalhado e que certamente está ligado a uma mudança em seu estilo de vida e comportamento.

 

O processo de recuperação está diretamente relacionado com o trabalho a ser desenvolvido nas 5 áreas: família, interações, trabalho, direito ou regras sociais e espiritualidade.

 

 

Clínica de tratamento em Piracicaba SP

 

 

 Em Termos de Gênero

 

Em um ambiente propício ao tratamento de dependência química, há a divisão por gênero no espaço físico da clínica de recuperação de drogas.

 

Numa tentativa de evitar que os inconvenientes sentimentais, comportamentais e sexuais interfiram com o objetivo do procedimento do paciente.

 

Os dois possuem o mesmo modelo de tratamento, respeitando as peculiaridades e perguntas um do outro em relação a cada sexo.

 

Portanto, temos a parte masculina separada da clínica de recuperação feminina.

Qual é o Custo de uma Clínica de Recuperação?

 

Dependentes Químicos e a Clínica de Recuperação convivem por um período de longo prazo e isso impacta em valores. Acreditamos que a pergunta ideal poderia ser:

Qual é o custo de uma clínica de recuperação de drogas? Bem, na realidade, estamos falando de um investimento para salvar uma vida destruída pelo uso de drogas e poder ter a estimativa de ser devidamente recuperada e reintegrada à sociedade, cumprindo seus compromissos e responsabilidades.

 

Nossas próprias clínicas têm um alto grau de qualidade no procedimento de indivíduos com dependência química e saúde psicológica.

 

Possuímos instalações com composição hoteleira com piscina, campo para atividades esportivas, equipe técnica 24 horas, Unidade Hospitalar e uma composição sanitária formada por médico psiquiatra, psicólogos, enfermeiros entre outros, além de uma equipe de remoção especializada 24 horas no local para qualquer incidente.

 

 

 

Clínica de reabilitação para drogados

 

 

Como Internar um Dependente Químico em uma Clínica de Recuperação de Drogas?

 

Dependentes Químicos e a Clínica de Recuperação acabam por gerar algumas perguntas recorrentes entre as pessoas.

Esta é uma pergunta muito fundamental porque muitos dos indivíduos nesta situação não têm a força fundamental para combater a patologia ou não veem que precisam de ajuda, mesmo diante de sinais claros.

 

Portanto, é essencial saber dialogar com esta pessoa e convencê-la a buscar e reconhecer o tratamento como uma saída.

 

Entretanto, em caso de incerteza sobre como abordar o indivíduo e sobre o que falar ou como agir no caso, preste atenção aos tópicos listados abaixo.

 

 Mostre Apoio e Interesse em Ajudar

 

Mostre preocupação com o estado das coisas, dite o que você quer contribuir para o indivíduo, não diga o procedimento no início, tente entender o que o indivíduo está passando naquele momento.

 

A ajuda que você deve oferecer ao indivíduo não é para encobrir seu uso de substâncias ou mentir a outras pessoas para defendê-lo, isto na verdade está alimentando ainda mais a dependência química.

 

O verdadeiro apoio está em estar presente nos momentos de necessidade, a ajuda oferecida deve ser para o indivíduo e não para a patologia, você deve tentar assumir ocupações que coloquem parâmetros e apoio com as questões emocionais e sociais do indivíduo.

 

Tenha Empatia

 

É fundamental que você possa ser empático neste momento, para beneficiar verdadeiramente alguém que você precisa para entender minimamente o estado em que o indivíduo se encontra.

 

Desta forma, aspire a entender as lutas pelas quais o indivíduo está passando, sejam elas relacionadas ou não ao uso de drogas, a fim de entender melhor o que ele está passando.

 

Ao longo das conversas, agir e falar de forma não crítica sobre as ocupações do indivíduo, mesmo que você não concorde com o indivíduo, primeiro reconheça-as e depois, calma e pensativamente, coloque as questões sobre a mesa se houver espaço e enfatize seu desejo de ajudar.

 

Organize Uma Reunião

 

Se for viável, fale com seus amigos e parentes e organize uma reunião para discutir o que está acontecendo e os prováveis passos que eles têm a possibilidade de oferecer, é essencial conhecer a posição das outras pessoas prejudicadas e também como elas têm a possibilidade de se beneficiar.

 

Também é aconselhável realizar outra reunião após o que foi acordado, mas agora com a existência do indivíduo em questão, para que o que foi discutido na reunião anterior possa ser explicado e se a mediação é elementar.

 

A reunião é fundamental para conceituar as ocupações que têm a possibilidade de atuar em caso de dependência, devido ao fato de que o indivíduo está quase continuamente em situação precária, financeira, emocional e biológica, e necessita de ajuda para se recuperar.

 

 

Como ajudar um usuário de drogas

 

 

Como Internar um Dependente Contra sua Vontade Numa Clínica de Recuperação?

 

É sempre uma questão de cuidado uma vez que temos que falar de internação e ainda mais uma vez que falamos de internação involuntária, mas devido à lei 13.840/2019 a internação involuntária em uma situação de dependência química se torna possível.

 

De acordo com esta lei, se as modalidades de tratamento e de internação voluntária se esgotarem, a escolha da internação involuntária se torna possível.

 

Para isso, é necessário apresentar um relatório médico, que comprove a necessidade de internação, devido à dependência química, e a internação deve ser realizada por um parente de primeiro nível ou por um tutor legal.

 

O compromisso involuntário em uma clínica de recuperação de drogas pode durar cerca de 90 dias, conforme estabelecido por lei, e o procedimento pode ser seguido se se tornar voluntário ou se houver um compromisso no caso de internação compulsória.

 

 

Onde Descobrir uma Boa Clínica de Recuperação de Drogas?

 

Agora, depois das dicas e avisos, tenho certeza de que você entende a utilidade e o papel que uma clínica de recuperação de drogas dá não só para a pessoa dependente em si, mas também para sua família.

 

Entretanto, agora é o momento de encontrar uma clínica que atenda às suas expectativas e tenha um ótimo modelo de serviço e procedimento que seja consistente com as necessidades do paciente.

 

Por esta razão, recomendo a Clínica Recuperando Vida, localizada em Piracicaba – SP, como clínica especializada em atendimento masculino para dependência química e saúde psicológica.

Desta forma, temos um modelo de tratamento baseado em um tripé terapêutico que consiste em: aconselhamento de dependência química, o programa de 12 passos e a Terapia Racional Emotiva.

 

Além de estarmos desde 2013 no tratamento da dependência química no Brasil.

 

 

Qual duração tempo tratamento parar de beber

 

 

Dependentes Químicos e a Clínica de Recuperação: Conclusão

 

E neste artigo Dependentes Químicos e a Clínica de Recuperação procuramos responder as dúvidas mais que recorrentes entre as pessoas que nos procuram, para ajudar amigos, familiares e muitas vezes a própria pessoa que nos procura.

Uma clínica de recuperação de drogas pode ser um pouco assustadora uma vez que você pense nisso pela primeira vez, mas ao ler este artigo estou convencido de que você agora entende o verdadeiro propósito por trás disso.

 

Sem uma clínica de recuperação, o dependente químico tem uma chance muito maior de ser preso por um crime ou delito devido à dependência química ou mesmo morrer devido ao agravamento da dependência química.

 

O tratamento desta doença chamada dependência química não pode tratar apenas do biológico, nem do social, nem mesmo apenas do psicológico, um procedimento que trate cada uma destas superfícies em conjunto será constantemente primordial.

 

A clínica de recuperação de drogas é o local exclusivo onde é possível descobrir muitos tipos de procedimento e de forma personalizada para cada indivíduo, indo de acordo com o perfil e as necessidades.

 

Portanto, aconselho que, diante da manifestação de certos sinais e indicações particulares de dependência química como os aqui observados, busque ajuda especializada como previamente viável, converse com o núcleo familiar e o indivíduo e procure uma clínica de recuperação de drogas.

 

Espero que tenha gostado deste artigo Dependentes Químicos e a Clínica de Recuperação, produzido pela equipe de conteúdo da Clínica Recuperando Vida.

Se gostou deste artigo compartilhe com as pessoas que possam gostar ou precisem saber mais sobre deste assunto, e compartilhe também em suas redes sociais.

A Clínica Recuperando Vida publica semanalmente conteúdos de qualidade com foco em ajudar pessoas que precisam deixar a dependência de drogas e do alcoolismo.

 

 

A Equipe de Conteúdo da Clínica Recuperando Vida Recomenda a Leitura dos Artigos:

 

 

TRATAMENTO ALCOOLISMO

 

COMO AJUDAR UM ALCOÓLATRA QUE RECAIU?

 

VÍCIO DE COCAÍNA: COMO PARAR?

 

DROGAS NA GRAVIDEZ

 

 

 

como-ajudar-tratamento-para-usuarios-de-crack

 

 

 

CLÍNICA RECUPERANDO VIDA

R. Inácio de Vasconcellos Cunha Caldeira, 500

Jardim São Francisco – Piracicaba – SP

 

Fone:  (19) 3427-1643
Whatsapp: (19) 99188-2675

 

E-mail: contato@clinicarecuperandovida.com.br

 

WEBSITE OFFICIAL:

Tags desta página:
0 +
Visitas Mensais em nossa Clínica
0 +
Famílias Atendidas Mensais
0 +
Pacientes em Tratamento Por Ano
0 +
Abrangências em Estados brasileiros
Remoções 24 horas

Remoções 24 horas

O vício é imprevisível e começa a controlar a pessoa sem que ela perceba, ou seja, consequentemente algumas atitudes são tomadas sem que o dependente tenha conhecimento dos malefícios que estão causando e a solução mais plausível é iniciar o tratamento em um clínica de reabilitação.

Nossa equipe está em prontidão para remoção 24h por dia em qualquer região do Brasil através de ambulâncias equipadas, ou se a família preferir possuímos também carros descaracterizados para ações mais privativas e discretas.

Aceitamos Todos os Planos de Saúde

Fale com um de nossos consultores de plantão atendimento 24 horas via Whatsapp