Alcoólicos Anônimos – Guia Definitivo

Alcoólicos Anônimos – Um caminho para a sobriedade

 

 

O Artigo Alcoólicos Anônimos – Guia Definitivo, como o próprio nome do artigo diz, vamos explanar tudo sobre o que se refere a Instituição Alcoólicos Anônimos.

Os grupos  de Alcoólicos Anônimos (AA) estão constantemente acolhendo novos membros que buscam o caminho para a sobriedade. Este artigo foi desenvolvido pela equipe de conteúdo da Clínica Recuperando Vida especialmente para que os recém-chegados entendam melhor como a Sociedade é administrada.

 

Vamos entender qual é o valor das reuniões de Alcoólicos Anônimos na vida dos dependentes de álcool, como se torna um novo membro de AA, qual é a razão do anonimato das reuniões, o que acontece nas reuniões que motivam os membros a buscar a recuperação, entre outros.

O novo membro é bastante bem-vindo, sendo o único responsável por sua recuperação e quando ele entra no grupo começa a conhecer e aceitar a melhor sua doença.

 

Antes de tudo, deve-se mencionar que o consumo de álcool é um dos maiores problemas de saúde pública no Brasil e em outros países. É uma droga (depressor do sistema nervoso central), comercializada legalmente, exceto para menores de 18 anos de idade.

 

O alcoolismo é o conceito utilizado para explicar os problemas envolvidos com o uso do álcool, sendo utilizado principalmente no sentido do consumo compulsivo e descontrolado de bebidas alcoólicas, é uma doença crônica, suscetível a muitas recaídas e responsável por inúmeras perdas clínicas, sociais, trabalhistas, relativas e econômicas, acidentes de trânsito e traumas.

 

Grupo Alcoólicos Anônimos

 

Grupos Alcoólicos Anônimos

 

AA é uma irmandade que concentra pessoas que sofrem de alcoolismo, uma doença incurável. Seu objetivo é ajudar os alcoólatras a parar de beber.

O único requisito para participar das reuniões é um desejo sincero de parar de beber.

 

Alcoólicos Anônimos é uma irmandade mundial de homens e mulheres que ajudam uns aos outros a permanecer sóbrios e que estão dispostos a compartilhar livremente sua experiência de recuperação com outras pessoas que têm problemas com a bebida.

Foi criado em 1935, com a intenção de alcançar a abstinência total do álcool. O grupo é formado por pessoas dependentes do álcool dispostas a compartilhar suas experiências, forças e esperanças a fim de manter a sobriedade e o anonimato é sua base primária. O AA está no Brasil há 69 anos. As reuniões são gratuitas e seus membros trabalham exclusivamente para a recuperação do indivíduo que sofre de problemas relacionados à dependência do álcool.

 

Os grupos reúnem homens e mulheres com problemas de alcoolismo, com perdas relevantes em suas vidas. Todos os membros compartilham o mesmo objetivo: resolver seu problema com a bebida e ajudar outros a permanecerem abstinentes do álcool.

Para a irmandade não existe o beber leve e moderado, não existe o beber social, não existe o controle do beber que muitos acreditam ter, todos têm que evitar o primeiro gole a fim de alcançar a sobriedade.

 

É fundamental enfatizar que os grupos Alcoólicos Anônimos não pertencem a nenhuma seita ou religião, a nenhum partido político, a nenhuma organização; os grupos não aspiram a entrar em nenhuma disputa; eles não apóiam ou lutam por nenhuma causa.

Continue a leitura de Alcoólicos Anônimos – Guia Definitivo, entenda e conheça mais sobre o grupo.

 

Alcoólicos anônimos O que é?

 

Principais Perguntas a um Membro do Grupo Alcoólicos Anônimos

A fim de conhecer melhor a tarefa do Grupo, tive a satisfação de dialogar com um de seus membros que gentilmente nos guiou. Respeitando as tradições de AA, vamos preservar seu anonimato pessoal, informando apenas seu primeiro nome.

 

1) Qual é o valor dos grupos Alcoólicos Anônimos na vida dos dependentes de álcool?

O valor dos grupos vem da troca de experiências, força e esperança durante as reuniões, e dos 12 passos propostos para a recuperação do alcoolismo.

 

 2) Conte-nos em detalhes como um novo membro do AA é ingresso.

Eles são recebidos com cortesia, café e biscoitos e comumente dizem: “Ainda bem que você veio e se você tem o problema que nós mesmos possuímos, você está no lugar certo”, então finalmente acontece a reunião, é distribuída alguma literatura, entre as quais “você deve procurar AA”, que são doze perguntas que só ele pode responder. O recém-chegado é o indivíduo mais graduado no conselho.

 

3) Por que o anonimato em grupos?

Bem, o anonimato garante a privacidade de todos os membros, uma proteção que geralmente é bastante fundamental para os recém-chegados, que poderiam hesitar em procurar AA se tivessem alguma razão para acreditar que seu alcoolismo poderia ser exposto publicamente.

 

 4) Como os grupos de AA promovem a mudança no alcoólatra ?

O grupo  não muda ninguém. Os membros seguem um programa de mudança de hábito que exige total honestidade consigo mesmo. Ocasionalmente temos observado que alguém que seguiu cuidadosamente nosso programa de recuperação.

 

5) O que acontece nas reuniões de AA que motivam os membros a buscar a recuperação?

Depoimentos de identificação, onde os membros compartilham suas experiências vividas.

 

A EQUIPE DE CONTEÚDO DA CLÍNICA RECUPERANDO VIDA RECOMENDA A LEITURA DO SEGUINTE ARTIGO:

 

Abstinência Alcoólica

 

6) Para ser membro do AA, o único requisito é o desejo de parar de beber. Se houver uma recaída, qual é o método adotado pelos grupos?

A partir do momento em que o dependente de álcool se proclama alcoólatra, para nós ele será constantemente membro de AA, mesmo que recaia, ele será sempre bem-vindo a qualquer momento.

 

7) Como funciona o apadinhamento e qual é o valor deste trabalho?

Essencialmente, o processo de apadrinhamento funciona assim: escolhemos um membro de AA que já fez algum progresso no programa de recuperação, com quem nos sentimos livres para conversar, uma vez que nos sentimos confusos e preocupados, porque com o padrinho temos a possibilidade de conversar livre e confidencialmente. Entendemos por experiência que nossa sobriedade se fortalece quando a compartilhamos com outros.

 

8) Na programação dos 12 passos, há algum passo em particular de maior relevância?

O primeiro passo, porque se o membro não realizar o primeiro passo em sua totalidade, que é o passo do consentimento, será difícil praticar os outros.

 

9) Qual é o verdadeiro significado do termo “Só por hoje” mencionado nas reuniões do AA?

O fundamental é viver um dia de cada vez, apenas 24 horas, para não cometer os erros de ontem que nos levaram a beber e sem se preocupar com o amanhã, que pode não vir.

 

 10) A entrada para as reuniões é completamente livre, como são mantidos os grupos?

Somos mantidos por causa de nossas contribuições, que são voluntárias. Não no sentido forçado.

 

Clínica de Recuperação em Campinas

 

Termino este questionário com a oração de Serenidade:

Conceda-nos, senhor, a serenidade essencial para admitir as coisas que não temos a possibilidade de modificar, o custo para modificar as coisas de que temos a possibilidade, e a inteligência para diferenciar um do outro.

 

Alcoólicos Anônimos – Guia Definitivo podem ajudar a resgatar uma vida ou mesmo uma família inteira.

Deixe-me ajudá-lo a entender melhor como funciona este conjunto fundamental.

 

Segundo a OPAS (Organização Pan-Americana da Saúde), o álcool é responsável por 5,3% de cada uma das mortes e 5,1% de cada uma das doenças e lesões no mundo. Na faixa etária de 20-39 anos, sua interação com a morte é ainda maior: 13,5%.

Assim, muitas poucas pessoas acabam condenando sua vida a uma servidão ao álcool. A maneira mais simples de se livrar de todo esse peso é admitir o apoio de outras pessoas, para isso há Alcoólicos Anônimos.

 

Alcoólatras Anônimos: o que é isso?

 

Alcoólicos Anônimos é um grupo de ajuda mútua, uma sociedade de homens e mulheres estabelecida com o objetivo de ajudar aqueles que lutam contra o álcool.

Eles compartilham suas experiências, pontos fortes e fracos para superar um problema comum: o alcoolismo.

 

Estamos falando de um programa de apoio livre e independente, cujo objetivo é aceitar os alcoólatras e ensiná-los um novo estilo de vida longe do álcool que se tornou arraigado em todos os ambientes da vida do indivíduo.

A vida sem álcool é primordial para aqueles que permanecem em Alcoólicos Anônimos porque com o álcool, essas pessoas trouxeram a ruína para suas vidas.

 

 Como funciona o Alcoólicos Anônimos?

 

Quando pensamos em criar o Alcoólicos Anônimos – Guia Definitivo, tinhamos exatamente este pensamento: Responder a todas as suas dúvidas de como funciona o Alcoólicos Anônimos.

A irmandade de Alcoólicos Anônimos trabalha em um sistema de reuniões, onde o objetivo é que cada indivíduo compartilhe um pouco de suas experiências com o álcool, assim como suas experiências de recuperação .

 

Novos visitantes são bem-vindos e ensinam maneiras de lidar com as lutas da doença do alcoolismo, embora as histórias sejam diferentes, todos lá tiveram perdas relevantes na vida devido ao álcool.

A irmandade é dividida em unidades, que estão em locais estratégicos e servem para contribuir com os indivíduos dos bairros e sociedades vizinhas. Estas equipes não têm conexão direta com nenhum tipo de religião, seita, partido político ou qualquer outro tipo de organização.

 

As reuniões são realizadas em um dia e data específicos, dia e hora pré-determinados de acordo com a programação de cada unidade, além disso, há Alcoólicos Anônimos on-line que realizam reuniões on-line todos os dias das 20:00 às 22:00.

A única exigência da sociedade AA é que você queira parar de beber e nada mais.

 

LEIA TAMBÉM O ARTIGO:

 

Alcoólatras

Qual é a finalidade de AA?

 

Desde sua construção até agora, o propósito de Alcoólicos Anônimos ainda é o mesmo, que é ajudar outros alcoólatras a se recuperar, porque somente alguém que passou por situações semelhantes pode realmente entender o que os outros estão passando.

Assim, o propósito de AA é ajudar os novos alcoólatras, mostrar-lhes que não estão sozinhos, fazê-los ver que seu problema é uma doença incurável, mas que tem um procedimento e que um novo estilo de vida longe do álcool pode mantê-los bem, assim como recuperar pedaços de si mesmos que haviam sido perdidos.

 

Qual as Vantagens de Participar do Grupo Alcoólicos Anônimos

 

Alcoólatras Anônimos: Conheça os 12 passos

 

Os famosos doze passos de Alcoólicos Anônimos, que serviram de guia para alguns grupos diferentes de ajuda mútua e inspiraram os doze passos de outros grupos como N.A. (Narcóticos Anônimos), CODA (Codependentes Anônimos) e MADA (Mulheres que amam de forma bastante anônima).

 

Os doze passos para a recuperação, é um guia dividido em fases (passos) com um caminho para deixar os valores antigos e encontrar um novo caminho para a vida.

 

De forma instantânea e simplificada explicarei o que significam todos os passos e o valor de todos eles para a recuperação da pessoa viciosa.

 

Alcoólicos Anônimos – Guia Definitivo: Todos os Passos e o Valor de Todos eles Para a Recuperação da Pessoa Viciosa.

 

Passo 1 (Admitimos que não tínhamos poder sobre o álcool, que tínhamos perdido o controle de nossas próprias vidas).

Este primeiro passo é conhecido pelo termo de aprovação de nossa condição, nas equipes de AA chama-se “rendição”, pois é o instante em que o indivíduo reconhece sua impotência diante do álcool e percebe como isso prejudica sua vida.

 

Passo 2 (Passamos a acreditar que um Poder maior do que nós mesmos pode nos devolver a sanidade).

Os alcoólatras estão em estado de desespero, porque agora compreendem a gravidade do problema, mas continuam convencidos de que seu problema é insolúvel, que não há saída.

 

A parte chave deste passo é acreditar novamente que a recuperação é viável, seja através da espiritualidade, da fé ou da crença.

Para aqueles que não acreditam em figuras divinas ou simplesmente se recusam a fazê-lo, tudo bem, o todo é um poder maior do que um único sujeito, você pode confiar nisso.

 

Passo 3 (Decidimos dar nossa vontade e nossa vida aos cuidados do Poder superior, da forma como o concebemos).

O terceiro passo é uma materialização do segundo, ou seja, uma organização dessa força superior previamente encontrada, concebida da maneira que você acredita que seja.

 

Passo 4 (Fizemos um inventário moral intensivo e destemido de nós mesmos).

Para continuar no procedimento você deve primeiro conhecer a si mesmo, para isso você deve fazer um inventário moral de sua vida, a fim de compreender a série de escolhas que o levaram à dependência do álcool.

Idealmente, isto deve ser feito com o máximo de detalhes possíveis, pois conhecendo melhor seu passado, é possível conceituar quais serão os próximos passos.

 

Passo 5 (Admitimos ao Poder Superior, para nós mesmos e para outro ser humano, a natureza precisa de nossas próprias falhas).

A partir do inventário moral realizado no Passo 4, é muito mais simples detectar quais foram as falhas e as más escolhas feitas, mas ainda é essencial admiti-las ao todo.

 Admitir suas fraquezas é fundamental para que você possa se fortalecer e modificar seus hábitos. Ao compartilhar, você se sentirá como se um peso tivesse sido retirado de seus ombros e ao ouvir as histórias de outras pessoas, você entenderá que não está sozinho.

 

Passo 6 (Estamos totalmente decididos a deixar o Poder Superior eliminar todas essas deficiências de caráter).

Ao detectar suas fraquezas, é essencial que você se certifique de que elas não se repitam, no entanto, você não pode eliminá-las sozinho, você deve entregá-las ao Poder Superior.

Ao fazer isso, o Poder Superior pode ajudá-lo a superar pensamentos e comportamentos negativos, este é um processo que é feito diariamente à medida que seus esforços emergem.

 

ARTIGO MUITO INTERESSANTE E IMPORTANTE PARA QUEM CONVIVE COM O PROBLEMA DO ALCOOLISMO:

 

Remédio Para Parar de Beber

 

 

Passo 7 (Peça-lhe humildemente que nos torne independentes de nossas próprias imperfeições)

No passo 7 falamos em reconhecer que a humildade é necessária para admitir que você precisa de ajuda e que não pode consertar suas próprias fraquezas e imperfeições sem o Poder Superior.

Entendendo que a humildade é fundamental para preservar o novo estilo de vida, a sobriedade, então precisamos rezar ao Poder Superior para nos ajudar a ser livres novamente.

 

– Passo 8 (Fizemos uma lista de todas as pessoas que tínhamos afetado e estávamos dispostos a fazer reparações pelos erros cometidos).

É bastante comum que durante toda a fase ativa do vício tenhamos afetado muitas pessoas, incluindo parentes, amigos e conhecidos.

Falamos em fazer uma lista com os nomes dos indivíduos que afetamos e como os afetamos.

 

Passo 9 (Reparamos de forma direta o mal provocado a essas pessoas constantemente que é viável, exceto uma vez que fazê-lo supõe prejudicá-las ou a outras pessoas).

A partir da lista que fizemos no passo 8, tentaremos consertar o mal causado a essas pessoas se for viável, pois como prova de que somos diferentes e estamos em processo de recuperação, praticando humildade devemos contribuir para aqueles que fizeram mal anteriormente.

Somente nos casos em que não for viável devido a doença, morte ou quando a reparação não for capaz de afetar esta pessoa ou outras, o momento do dano já passou, momento em que as atividades devem ser de renovação.

 

Passo 10 (Continuamos a fazer um inventário pessoal e uma vez que cometemos um erro, o admitimos imediatamente).

A décima etapa é um lembrete de que o processo de recuperação é um processo diário e constante, portanto, devemos continuar com o processo iniciado na quarta etapa do inventário moral.

Usando constantemente o exercício da humildade e do compromisso que se deve ter continuamente se  pretende continuar com uma vida de sobriedade, para que, se voltarmos ao erro, admitamo-lo facilmente.

 

Passo 11 (Procuramos, por frase e reflexão, melhorar nosso contato consciente com o Poder Superior da mesma forma que o concebemos, pedindo apenas o raciocínio de Sua vontade em relação a nós mesmos, e a força para realizar essa vontade).

Esta é outra possibilidade de continuar tentando encontrar o autoconhecimento e a auto-reflexão sobre si mesmo, usando o julgamento e a reflexão para encontrar a si mesmo e o seu Poder Superior.

Este deve ser um hábito diário e duradouro, pois você precisa estar equilibrado para manter sua sobriedade, agora que suas fraquezas ou “deficiências de caráter” desapareceram, você precisa evitar que elas reapareçam ou nasçam de novo.

 

Passo 12 (Tendo experimentado um despertar espiritual por causa destes Passos, tentamos transmitir esta mensagem aos alcoólatras e treinar estes princípios em cada uma de nossas próprias atividades).

O décimo segundo passo não é o último, mas um novo começo, o início de um novo período, este passo tem interação com a realização de todos os passos anteriores ligados e tendo passado por todo o processo usar esta experiência para contribuir com os outros.

Levar a mensagem é muito mais do que apenas falar de suas experiências e dificuldades, é abraçar e acolher o outro, assim como faziam com você antes.

Saiba mais sobre o Grupo Alcoólicos Anônimos

 

A.A. e Dinâmica de Reunião: Como Eles Funcionam?

 

Alcoólicos Anônimos – Guia Definitivo responde ao que Muitas pessoas perguntam: Como funcionam os Alcoólicos Anônimos? O que acontece em uma reunião de Alcoólicos Anônimos?

Participar de uma das reuniões regulares de AA seria suficiente para responder suas perguntas, mas caso você não tenha certeza se deve ou não ir, eu lhe darei um breve resumo.

 

As reuniões de AA funcionam através da partilha de situações e experiências passadas de dependência ativa, bem como da experiência de recuperação.

 

As reuniões não representam nenhum tipo de obstáculo para a participação de ninguém. Exceto se eles reconhecerem seu problema com o álcool.

Os recém-chegados que começam a praticar o sistema dos doze passos são patrocinados por aqueles que já estão praticando o décimo segundo passo, para que possam fazer perguntas, receber apoio emocional em situações de crise e ensinar a prática de novos hábitos.

Aloólicos Anônimos – Guia Definitivo: Quais são os Benefícios?

 

Os grupos de apoio de Alcoólicos Anônimos só podem ajudar um alcoólatra a alcançar uma vida melhor, mas, por uma questão de clareza, vou listar dez benefícios dos grupos de Alcoólicos Anônimos.

  1. Ouvir e compartilhar histórias semelhantes às suas, sem julgamento.
  2. Tomar consciência de suas próprias limitações em relação à dependência química.
  3. Desenvolver autoconsciência e auto-reflexão.
  4. Desenvolver novas ferramentas e habilidades de vida.
  5. Aceitar sua condição e continuar perseverando para se tornar uma pessoa nova e melhor.
  6. Reconhecer suas próprias deficiências e melhorar suas relações interpessoais.
  7. Encontrar nova motivação e inspiração para superar desafios e continuar avançando.
  8. Mude o rumo de sua vida para um ambiente mais produtivo e menos autodestrutivo.
  9. Aprenda a administrar melhor suas expectativas e medos.
  10. Tenha a oportunidade de ajudar os outros com os conhecimentos adquiridos.

 

Alcoólicos Anônimos – Guia Definitivo: Quais são os fatores terapêuticos?

 

O artigo Alcoólicos Anônimos – Guia definitivo tem esse objetivo: Mostrar o que é e como funciona o grupo Alcólicos Anônimos.

E até agora, acho claro que os grupos de Alcoólicos Anônimos só podem ajudá-lo em sua recuperação. Mas como eles ajudam nos aspectos terapêuticos e técnicos?

Isto é o que vou demonstrar a seguir.

 

LEIA TAMBÉM:

 

Clínica de Recuperação em São Paulo SP

Aconselhamento

 

Este papel pode ser desempenhado pela pessoa que dirige os grupos ou por outros participantes mais velhos que ocupam a posição de patrocinadores.

Ao entenderem o que o novo membro está passando, eles fornecem o apoio necessário, propondo estratégias apropriadas para superar este momento, já que já viveram situações semelhantes antes.

Esperança

 

Viver com o grupo e ver que há pessoas com problemas muito semelhantes que conseguiram se recuperar, começa a incutir esperança na pessoa.

Ao ser acolhida e escutada, a pessoa já tende a se sentir mais aliviada e pode começar a entender as coisas de uma maneira mais otimista.

A universalidade do problema

 

Compreender que seu problema não é único e que isso não acontece somente com você é libertador.

Compartilhar histórias e experiências serve precisamente a esse propósito, para que a pessoa entenda que ela não é a única e que não está sozinha em seu problema.

Aceitação

 

A partir desta universalidade do problema, torna-se mais fácil aceitá-lo, porque antes pensávamos que era um problema individual, agora teremos a visão de que não só essa pessoa, mas muitas outras também passam pelo mesmo problema.

Os seres humanos estão acostumados a temer o que não sabem. Outro fator que contribui para a aceitação do problema do alcoolismo é a familiaridade que ele gera sobre o assunto quando a pessoa começa a participar de grupos.

Sintomas da Dependência Química do Alcoolismo

 

Catarse

 

A catarse é estimada aqui como o sentimento de realização e alívio, tudo simultaneamente, porque é isso que acontece quando finalmente se pode ser ouvido sobre o alcoolismo por pessoas que não estão lá para julgá-lo.

Através deste fenômeno e da acolhida seguida de lições e reflexões, ele permite uma profunda mudança emocional em cada indivíduo que vai na jornada.

 

 O autoconhecimento

 

O autoconhecimento é substancial na vida daquela pessoa que deseja ser alguém melhor, a partir das reflexões e da orientação dos passos, o autoconhecimento é estimulado.

 

 A socialização

 

Vários alcoólatras já se encontram em níveis precários de socialização, só saem com aqueles que têm a possibilidade de lhes proporcionar bebida e comportamentos perigosos ou já estão confinados em casa.

Quando são acolhidos e educados na mudança de vida, eles fazem novas amizades, inventam laços e vínculos, ajudando a salvar capacidades anteriormente perdidas e ajudando a encontrar um novo significado.

 

 Generosidade

 

Vivendo em sociedades A.A. aprende-se que se deve “trabalhar com os outros”, já que a pessoa que esta no uso  tem um modo de pensar bastante egocêntrico, deve-se perceber que há outros que importam além de si mesmo.

Portanto, para permanecer sóbrio, você também tem que estar a serviço dos outros, para ajudá-los uma vez que isso seja viável, porque isso também é bom para você mesmo, você acaba se sentindo bem em fazer o bem.

 

 Alcoólicos Anônimos – Guia Definitivo: Conclusão

 

O grupo de Alcoólicos Anônimos foi fundado em 1935 e desde então não parou de se reformular para se adequar às prováveis necessidades dos alcoólatras, assim como foi eficaz na vida de milhões de indivíduos nos 180 países onde está instalado.

É uma sociedade com um programa que funciona, como otimização com cada novo membro, com cada erro viável, tem um impacto psicológico e social fundamental na vida dos indivíduos que passam por ela, como foi observado ao longo da redação.

 

Também menciono que não poderia ser viável para mim estar aqui neste momento se não fossem os ensinamentos e a acolhida que esta sociedade me deu, me dá e continuará me dando.

As lições e missões de seu guia de doze passos foram o molde para todos os outros grupos de ajuda mútua, além de serem usadas terapeuticamente pela Clinica  Recuperando Vida em seus tratamentos, bem como em inúmeras outras clínicas de excelência.

 

Não há como negar a predominância deste grupo e desta sociedade na luta contra o alcoolismo, as drogas e por uma melhor saúde psicológica para todos, sejam eles viciados ou parentes.

Nós da Equipe de conteúdo da Clínica Recuperando Vida estamos muito felizes pela criação e elaboração deste artigo que buscou mostrar de forma completa sobre o tema: Alcoólicos Anônimos – Guia Definitivo.

 

Agradeço sua leitura  por ter investido seu tempo na obtenção de conhecimentos sobre Alcoólicos Anônimos.

Nós, da Clinica Recuperando Vida, temos clínicas em todo Brasil, caso você esteja interessado ou conheça alguém que precisa de um tratamento para Alcoolismo ou Dependência Química com Drogas, entre em contato.

 

E se gostou deste artigo compartilhe com aquela pessoa que pode estar precisando de ajuda e apoio em um momento difícil de sua vida. Compartilhe também em suas redes sociais.

Até o próximo artigo.

 

 

 

Depressão pode causar morte?

 

 

 

 

FALE AGORA COM A EQUIPE

 

 

 

A Equipe de Conteúdo da Clínica Recuperando Vida Recomenda a Leitura dos Artigos:

 

Tratamento de LSD

 

 

 

Clínica de Recuperação em Campinas

 

 

 

Tratamento com Ibogaína

 

 

 

Drogas Sintéticas

 

 

 

FALE COM NOSSA EQUIPE AGORA

 

 

 

 

Clínica Recuperando Vida

 

 

 

CLÍNICA RECUPERANDO VIDA

R. Inácio de Vasconcellos Cunha Caldeira, 500

Jardim São Francisco – Piracicaba – SP

 

Fone:  (19) 3427-1643
Whatsapp: (19) 99188-2675

 

E-mail: contato@clinicarecuperandovida.com.br

 

WEBSITE OFFICIAL:

Tags desta página:
Alcoólicos Anônimos Guia Definitivo, Alcoólicos Anônimos, O que são Alcoólicos Anônimos, alcoólatras anônimos, alcoólicos anônimos online, reunião de alcoólicos anônimos
0 +
Visitas Mensais em nossa Clínica
0 +
Famílias Atendidas Mensais
0 +
Pacientes em Tratamento Por Ano
0 +
Abrangências em Estados brasileiros
Remoções 24 horas

Remoções 24 horas

O vício é imprevisível e começa a controlar a pessoa sem que ela perceba, ou seja, consequentemente algumas atitudes são tomadas sem que o dependente tenha conhecimento dos malefícios que estão causando e a solução mais plausível é iniciar o tratamento em um clínica de reabilitação.

Nossa equipe está em prontidão para remoção 24h por dia em qualquer região do Brasil através de ambulâncias equipadas, ou se a família preferir possuímos também carros descaracterizados para ações mais privativas e discretas.

Aceitamos Todos os Planos de Saúde

Fale com um de nossos consultores de plantão atendimento 24 horas via Whatsapp