Drogas Sintéticas

Drogas sintéticas: O que são, efeitos no organismo e tratamentos

 

As drogas sintéticas continuam a crescer em número e fama, especialmente entre os adolescentes, este tipo de droga é bastante comum em grandes festas e eventos como balada.

Como nas baladas e haves, estas drogas são psicoativas e tendem a entorpecer os sentidos de quem as consome e têm o potencial de aumentar ou diminuir sua sensibilidade.

Sua entrada deve ser difícil, pois é algo que requer processos químicos e normalmente é feito em um laboratório.

 

Entretanto, é bastante comum encontrar pessoas vendendo-as em festas, com o discurso teórico de “aumentar a diversão e o prazer”.

O que não é levado em conta é o alto poder de dano ao organismo que estas drogas trazem, muitos nem sabem que elas têm a possibilidade de produzir dependência.

Entretanto, é um perigo claro, pois muitas delas têm a possibilidade de causar dependência com apenas alguns poucos usos.

 

O presente artigo que estou escrevendo é para que vocês saibam quais são, quais são os efeitos no organismo e como temos a possibilidade de experimentar drogas sintéticas.

Para que eu consiga esclarecer suas dúvidas sobre o assunto, bem como dar-lhe ferramentas para combater o vício e não permitir que a vida de seu filho, membro da família ou amigo seja capturada por essas drogas.

Continue lendo para saber mais.

 

O que são drogas sintéticas

 

 O que são drogas sintéticas?

 

Drogas sintéticas são aquelas que são criadas artificialmente e fabricadas por pessoas através de compostos químicos, com o objetivo de criar efeitos similares aos de outras drogas naturais ou de realçar esses efeitos.

A maioria dessas drogas são psicoativas por natureza e afetam diretamente as funcionalidades cognitivas do sistema nervoso do cérebro.

 

Os elementos de tais drogas não são normalmente encontrados na natureza, mas são o resultado de misturas de outros compostos.

As drogas sintéticas são geradas a partir de uma ou mais substâncias psicoativas, mas também existem drogas semi-sintéticas que são geradas a partir de drogas naturais, que passam por outros processos químicos no laboratório para dar origem a uma alteração totalmente nova ou a uma droga totalmente nova.

 

As substâncias sintéticas geralmente não são destinadas a serem usadas como drogas, já que a maioria das drogas e medicamentos também são sintéticos.

Entretanto, os químicos e farmacêuticos maliciosos utilizam várias substâncias porque conhecem seu impacto para construir drogas.

 

Como essas drogas surgiram

 

Como surgiram este tipo de drogas?

 

A maioria das drogas sintéticas são inicialmente geradas como novas drogas para fins específicos.

Entretanto, com o passar do tempo, seu impacto inicial foi esquecido e elas começaram a ser comercializadas como drogas recreativas.

 

Seja devido à falta de aplicabilidade da substância ou porque, mesmo que ela seja aplicável, outras drogas a tornam melhor.

Uma vez conhecidos os outros efeitos adversos da substância, ela começa a ser consumida e vendida ilegalmente, como aconteceu com a anfetamina, uma droga que a princípio é gerada para criar vaso constrição.

 

Ou seja, ela constringe os vasos para restringir o fluxo sanguíneo, e muitas das drogas sintéticas recentes são derivadas das anfetaminas.

Um exemplo ainda melhor é o LSD, que foi sintetizado em 1938 por Albert Hoffman, que após 5 anos fez um teste totalmente novo.

Ele encontrou os efeitos alucinógenos da substância e tentou estudá-la em relação às patologias mentais e psiquiátricas, mas sem sucesso e seu uso como alucinógeno começou no início dos anos 50.

 

LEIA TAMBÉM:   VÍCIO EM REMÉDIOS

 

Vício em Remédios

 

Quais são as principais drogas sintéticas utilizadas?

 

Entre as muitas drogas sintéticas existem as mais famosas, nesta situação vamos falar sobre as drogas mais consumidas no Brasil.

Antes de tudo, no Brasil, temos a possibilidade de mencionar que o LSD e o ecstasy sem dúvida dominam o mercado ilegal das drogas sintéticas.

Seu uso é bastante difundido em festivais, a fim de aumentar a diversão e tornar a pessoas “independentes”.

 

O LSD (ácido lisérgico dietilamida) também conhecido popularmente como ácido, esta droga foi consumida por mais de 1,2 milhões de pessoas.

É conhecido por causar alucinações e produzir a famosa experiência do “flashback”.

 

Isto significa reviver fenômenos vividos enquanto se toma a droga sem estar sob seu domínio, além de ser um enorme desencadeador de problemas psíquicos.

O ecstasy é uma droga popularmente bem sucedida por seu impacto de desejo sexual crescente e é considerado que mais de um milhão de brasileiros já experimentaram a droga.

É uma droga altamente estimulante, com efeitos alucinógenos.

 

Principais Drogas Utilizadas

 

Drogas como a Ketamina também são perigosas

 

Além disso, há a ketamina, que era naturalmente um anestésico em forma líquida ou cristalina, que é um depressor do sistema nervoso central.

Normalmente causa alucinações, entorpecimento dos sentidos e desconforto respiratório como sinais peculiares; cerca de 300.000 pessoas a tomaram.

As anfetaminas são amplamente utilizadas porque não são uma droga ilegal, normalmente estão presentes em medicamentos para a fome e perda de peso.

 

consumidas por mais de 2 milhões de indivíduos no Brasil, as drogas derivadas de anfetaminas têm efeitos estimulantes e seus efeitos são similares aos da cocaína.

Em meio às drogas lícitas, destaca-se também o uso de esteróides anabolizantes, que é uma droga feita a partir da testosterona, que em vez de ser usada conscientemente, é aplicada para obter ganhos corporais.

 

No entanto, além de causar danos físicos, também pode causar dependência.

Também se destaca o alto consumo de drogas semi-sintéticas, tais como crack, cocaína, heroína, haxixe, morfina e tipos modificados de maconha; o crack e a cocaína apresentam taxas bastante altas de indivíduos que já usaram a droga uma vez em sua história, 4,6 e 1,3 milhões, respectivamente.

 

A cocaína é a segunda substância mais usada no mundo depois da maconha.

A heroína foi consumida por 460.000 brasileiros; a morfina não tem dados próprios, mas é um opiáceo, e a taxa de uso de opiáceos é geralmente de 4,4 milhões de indivíduos; o haxixe e a maconha modificada não têm dados sobre seu uso separadamente da maconha em geral.

Deve ser bastante alto se tivermos em mente que a maioria da maconha vendida no momento não é natural e que a maconha é a droga mais consumida no Brasil.

 

 

 

 

Quais são os efeitos das drogas no corpo de um usuário?

 

Existem certos efeitos comuns que têm o potencial de causar, tais como: convulsões, cansaço e fraqueza; deficiências cognitivas na memória, concentração e atenção.

Além de alucinações profundas; variação da pressão arterial, episódios de quebras psicóticas, aumento das formas de desenvolver distúrbios mentais, vício e morte.

 

Além dos efeitos mencionados acima, o LSD pode causar alterações na temperatura corporal, insônia, parestesia (sensação de toque sem estímulo), euforia, tremores corporais e sinestesia (combinação de sentidos, cheiro de uma cor, ver um ruído).

O êxtase pode causar tensão muscular, variação da temperatura corporal, dor na parte inferior do corpo, insônia, perspectiva embaçada, desenvolvimento de ansiedade, ataques de pânico, alterações comportamentais, paranóia, depressão e danos ao fígado.

 

Uma vez usada a longo prazo, a ketamina pode causar depressão, amnésia, problemas respiratórios, delírio e pode desencadear problemas mentais graves no indivíduo.

As anfetaminas têm o potencial de causar arritmia, diarréia, gastrite, acidentes vasculares, isquemia, enorme sensação de cansaço.

 

Junto com oscilações de humor, irritabilidade, perda do controle dos membros, danos cerebrais e vários outros.

Outras drogas sintéticas que apareceram aqui, como flakka, krokodil, nmobe e gelo, têm efeitos bastante similares aos apresentados.

Entretanto, existem certos efeitos muito mais potentes, como os efeitos alucinógenos da flakka e os efeitos eufóricos do gelo e o aumento da libido.

 

Como saber se uma pessoa usa drogas

 

Como detectar se uma pessoa é um usuário de drogas sintéticas?

 

Você pode prestar atenção a certos pontos e mudanças que o indivíduo terá ao consumir essas drogas, tais como mudanças de comportamento e reação, tornando-se mais irritável, mudando facilmente de humor.

Se o indivíduo tem o hábito de sair para muitas partes, observe o estado em que ele retorna, se há marcas em seu corpo humano, a coloração de sua língua, se há algum sinal de agulha.

 

Em outras palavras, é mais complexo do que parece, ocasionalmente será possível detectá-lo no início do consumo, é mais simples identificá-lo quando os efeitos da dependência forem mais evidentes e o indivíduo for menos cuidadoso.

Entretanto, uma boa comunicação é a chave para compreender, estar presente e fazer perguntas quando em dúvida.

 

No entanto, não pressionar, mas mostrar que se importa e apoiar sem julgamento é o que parentes e amigos podem fazer melhor para ajudar o indivíduo nesta condição.

Há também drogas que têm um impacto mais físico, como o krokodil, que corrói a carne e descasca a derme do tipo crocodilo, além de deixar o cliente parecendo um morto vivo.

Outras, como o ecstasy e o LSD, têm um impacto que endurece por horas e o usuário está obviamente fora si.

 

Como ajudar um usuário dependente químico

 

 Como fazer um usuário de drogas procurar ajuda?

 

Primeiro de tudo, é essencial estar ciente do impacto que as drogas têm e como elas estão afetando a vida de uma pessoa do ponto de vista biológico, psicológico e social.

Obter informações desde o início tornará mais complexo para o indivíduo tornar-se dependente no futuro.

 

Entretanto, para aquelas pessoas que já são viciadas, há uma seqüência de reações e ações que você, como um membro da família ou amigo, pode tomar.

É essencial que você primeiro acolha o dependente enquanto ele passa por um problema, encoraje a discussão e uma vez que você veja espaço, fale sobre a busca de ajuda.

 

Simultaneamente, você pode tentar encontrar e pesquisar sobre procedimentos de procedimento eficazes e como todos eles funcionam para combater a dependência química.

Aproveite este instante para entender melhor o que é dependência química e o que ela pode causar.

 

Algumas dicas para contribuir com o indivíduo sem deixá-lo irritado são não julgá-lo, estar presente, ajudar constantemente que é viável, não acomodar suas ocupações que reforçam o uso de drogas e saber como dizer não.

Não ceder a todos os seus desejos só porque você contribui para o indivíduo.

 

 

Quais são os tratamentos para os usuários de drogas sintéticas?

 

Há uma série de possibilidades de tratamento confiáveis e é impossível mencionar cada uma delas neste pequeno artigo, porém colocarei aqui os procedimentos processuais que nos últimos anos têm demonstrado um número fundamental de recuperações e que têm apoio científico.

 

O primeiro e talvez o mais relevante dos tratamentos é a desintoxicação, neste período do procedimento os níveis de drogas no corpo humano são diminuídos para que o indivíduo esteja em condições de consciência para poder fazer os próximos tratamentos.

Este processo pode criar sinais de dependência e para isso uma equipe de especialistas em saúde acompanha o processo.

 

Outro procedimento bastante eficaz é a psicoterapia, que lida com os danos gerados pela dependência na composição psicológica do paciente.

A psicoterapia vem para desconstruir estas idéias, bem como para trabalhar na aprovação do paciente em relação à patologia da dependência.

Para que ele possa entender melhor o que está acontecendo com ele e se concentrar em sua recuperação.

 

Existem também tratamentos que integram o uso de medicamentos, porém este uso é gerado de forma complementar.

Seu principal uso no campo da dependência química é ajudar a reduzir os efeitos da abstinência durante todo o tratamento e experimentar outras patologias e sinais que aparecem no paciente para que ele possa se concentrar no tratamento.

Há também equipes de auto-ajuda, nesta situação, Narcóticos Anônimos, que servem para apoiar e oferecer uma composição maior para que os adictos possam lidar com uma vida de abstinência do procedimento.

 

Além de compartilhar experiências semelhantes e apoiar uns aos outros.

Agora chegamos ao procedimento que eu defendo especialmente como o mais eficaz e seguro, que é o procedimento hospitalar nas clínicas de recuperação.

Nessas clínicas, o paciente terá acesso a todos os tipos de procedimentos necessários, aliados à distância física da droga e ao apoio de todas as áreas danificadas pela dependência.

 

Qual o tempo de tratamento em uma clínica de recuperação?

 

Drogas sintéticas: Qual é o tempo de tratamento do paciente em uma clínica de recuperação?

 

O período de procedimento muda de acordo com a política e procedimento de cada clínica, porém há períodos de procedimento mais freqüentes, tais como os modelos de procedimento de 3 e 6 meses.

Na Clínica Recuperando Vida temos um modelo de tratamento diferente que se ajusta às necessidades do paciente, porém sabemos que o tempo mínimo é de 3 meses.

 

 

O que deve ser considerado ao escolher uma clínica de recuperação adequada?

 

As considerações mais relevantes na escolha de uma clínica de recuperação são a composição da clínica, a qualidade da equipe e a estrutura da equipe multiprofissional.

Os tratamentos oferecidos pelo modelo de procedimento, os outros serviços acessíveis, a comunicação entre a família e o pessoal da clínica.

Embora existam vários recursos, há maneiras de verificá-los, começando por ligar ou verificar o web site da clínica para obter informações disponibilizadas.

 

Agende uma visita para ver por si mesmo como as instalações são montadas e os serviços oferecidos. É também um excelente momento para fazer perguntas.

Se desejar, você pode comparar clínica por clínica e ver se o custo cobrado é o correto e justo para o que é dado.

 

Desta forma você terá a oportunidade de pensar e pesar as possibilidades superiores.

Onde encontrar uma clínica de recuperação para clientes de drogas sintéticas?

 

As clínicas de recuperação tratam todos os tipos de dependência química, incluindo as drogas sintéticas.

Para encontrar o mais próximo de sua casa, basta fazer uma busca instantânea no Google ou em qualquer outro mecanismo de busca. Procure por uma clínica de recuperação e sua localização.

Se você chegou até aqui, acredito que você pode levar em conta a Clínica Recuperando Vida  como uma escolha. Temos  clínicas localizadas em todo brasil.

 

 Clique aqui para saber mais sobre a Clinica Recuperando Vida.

 

Drogas Sintéticas: Conclusão

 

Com o acima exposto em mente, acho que fui capaz de responder às perguntas feitas ao longo deste artigo. E para aqueles de vocês que nos seguiram até aqui, foi uma longa jornada.

Entretanto, ela foi bastante informativa e cheia de dicas aplicáveis para ajudá-lo se você estiver em tal situação ou se estiver passando por ela em qualquer dia.

Lidar com o vício em drogas é uma coisa difícil tanto para a família quanto para o viciado.

 

Desta forma, você exigirá que alguém o ajude, de modo que você aproveite esta possibilidade para ajudá-lo e não para julgá-lo. Você não está nesta condição por falta de caráter ou de culpa, mas porque está doente.

Agora que você tem esta informação, está preparado para favorecer e também para buscar ajuda especializada para realizar o tratamento.

As drogas sintéticas são uma ameaça crescente, especialmente se tivermos em mente o faixa etária dos adolescentes. Eles são os maiores abusadores destas drogas, e seu uso continua a crescer.

 

As recentes políticas antidrogas ainda não mudaram, mas, acima de tudo, a perspectiva da sociedade sobre estas drogas precisa mudar.

Muitas delas ainda são drogas legais usadas de forma inadequada. O fato de ser legal não significa que seja inofensiva e que possa ser usada de qualquer forma.

 

Agradeço sua leitura  por ter investido seu tempo na obtenção de conhecimentos sobre Drogas sintéticas!

Nós mesmos, da Clinica Recuperando Vida, temos clínicas em todo Brasil, caso você esteja interessado ou conheça alguém que precisa de um tratamento.Entre em contato.

 

E se gostou, compartilhe com aquela pessoa que pode estar precisando de ajuda e apoio em um momento difícil de sua vida.

Compartilhe também em suas redes sociais.

 

Até o próximo artigo.

 

Depressão pode causar morte?

 

 

FALE AGORA COM A EQUIPE

 

A Equipe de Conteúdo da Clínica Recuperando Vida Recomenda a Leitura dos Artigos:

 

Cogumelos Alucinógenos

 

 

Abstinência Alcoólica

 

 

Tratamento com Ibogaína

 

 

Depressão Sinais Causas e Tratamentos

 

FALE COM NOSSA EQUIPE AGORA

 

 

Clínica Recuperando Vida

 

 

CLÍNICA RECUPERANDO VIDA

R. Inácio de Vasconcellos Cunha Caldeira, 500

Jardim São Francisco – Piracicaba – SP

 

Fone:  (19) 3427-1643
Whatsapp: (19) 99188-2675

 

E-mail: contato@clinicarecuperandovida.com.br

 

WEBSITE OFFICIAL:

Tags desta página:
Drogas sintéticas, O que são Drogas sintéticas, Clínica de recuperação de drogas, clínica de recuperação de alcoólatras, clínica de tratamento de drogas, Clínica Recuperando Vida
0 +
Visitas Mensais em nossa Clínica
0 +
Famílias Atendidas Mensais
0 +
Pacientes em Tratamento Por Ano
0 +
Abrangências em Estados brasileiros
Remoções 24 horas

Remoções 24 horas

O vício é imprevisível e começa a controlar a pessoa sem que ela perceba, ou seja, consequentemente algumas atitudes são tomadas sem que o dependente tenha conhecimento dos malefícios que estão causando e a solução mais plausível é iniciar o tratamento em um clínica de reabilitação.

Nossa equipe está em prontidão para remoção 24h por dia em qualquer região do Brasil através de ambulâncias equipadas, ou se a família preferir possuímos também carros descaracterizados para ações mais privativas e discretas.

Aceitamos Todos os Planos de Saúde

Fale com um de nossos consultores de plantão atendimento 24 horas via Whatsapp